Auto dos Quatro Tempos

Auto dos Reis Magos

Auto Pastoril Castelhano

Exortação da Guerra

Clérigo da Beira / Escrivães

Liberata / Templo de Apolo

Velho da Horta / Cassandra

Gil Vicente cassandra e velho da horta

Sobre o Auto da Índia

Alma / Papa Júlio II e Erasmo

Gil Vicente Auto da Alma

Visitação / Sobre as Origens

Gil Vicente, sobre as origens

Arte e Dialéctica - Íon Platão

gil vicente e plato
Stop MEE Youtube- VideoStop MEE Youtube- Video
  - Blogs:
irresiliências (blog)
o que eles escondem (blog)
Eugénio Rosa (economista)
Vicenç Navarro (economista)
Fernando Martins (blog)
Gil Vicente O Teatro de Gil Vicente
O Teatro de Gil Vicente
E pera declaração
desta obra santa et cetra...,
quisera dizer quem são
as figuras que virão

por se entender bem a letra.

  ... em  Romagem dos Agravados.
Lendo o Auto da India de Gil Vicente
Ler Erasmo e Gil Vicente

As figuras
nas personagens dos Autos
- os protagonistas -
em Obras


As suas obras dramáticas,
a lista de todos os autos,
em Autos

Datação das obras, dos Autos de Gil Vicente
Gil Vicente, artista da Renascença, reinventor do Teatro
MP3 Player requires JavaScript and the latest Flash player. Get Flash here.

Censura - Inquisição
        Em Portugal as práticas Inquisitoriais, só passaram a estar regulamentadas anos depois da instituição da Inquisição em 23 de Maio de 1536, data a partir da qual os reis de Portugal, com João III, adquiriram o Poder de regulamentar a actuação do Poder Eclesiástico sobre os "hereges" e os "apóstatas", bem como o de nomear as suas "justiceiras" chefias.
        Antes disso, o Poder (local) das chefias eclesásticas (Bispos), tinham a autoridade de actuar conforme os designios de cada cabecilha. E na sua actuação imitavam apenas o que Torquemada fazia em Espanha, antes, ou mesmo depois da criação do Tribunal da Inquisição em 1480.

        O rei Manuel I de Portugal, quis submeter o Poder dos Bispos ao Poder Real, o que ficou expresso nas suas Ordenações, mas isso só viria a ser plenamente conseguido com a instauração da Inquisição em 1536.  Uma tentativa anterior de instaurar a Inquisição em Portugal, em 1531, ultrapassava ainda o Poder Real.

        De qualquer modo o Poder Real, para exercer a censura, e condenar os cidadãos quando julgasse conveniente, não ficava aquém do Poder Eclesiástico...
        Exemplo disso é o texto das Ordenações Manuelinas, do qual apenas transcrevemos uma amostra das muitas cláusulas sobre o assunto.

[Noémio Ramos, Setembro de 2008]
...das Ordenações Manuelinas. Livro V
Universidade de Coimbra...
     A Censura, como muitas outras formas de actuação do Poder Real e Eclesiástico, não era apenas exercída pelo Rei e pelos Bispos (autênticos Duques), mas fazia-se também sentir pela pressão exercída por muitos elementos da nobreza, e até pelas populações, que actuavam com denúncias, a exemplo do que acontecia em Espanha desde 1478, quando Isabel de Castela e Fernando de Aragão, futuros Reis Católicos, criaram a Inquisição Espanhola, nomeando logo a seguir o confessor da rainha, Tomás Torquemada, para a chefiar...
Pedro Berruguete, 1475. Auto de Fé
(pintor dos Reis Católicos)

(c) 2008 - Sítio dedicado ao Teatro de Gil Vicente - actualizado com o progresso nas investigações.
GrammarNet

- Livros publicados no âmbito desta investigação, da autoria de Noémio Ramos:

978-989-977499-5 - Gil Vicente, Auto dos Quatro Tempos, Triunfo do Verão - Sagração dos Reis Católicos.
978-989-977498-8 - Gil Vicente, Auto dos Reis Magos, ...(festa) Cavalgada dos Reis.
978-989-977497-1 - Gil Vicente, Auto Pastoril Castelhano, A autobiografia em 1502.
978-989-977496-4 - Gil Vicente, Exortação da Guerra, da Fama ao Inferno.
978-989-977490-2 - Gil Vicente, Tragédia de Liberata, do Templo de Apolo à Divisa de Coimbra.
978-972-990009-9 - Gil Vicente, O Clérigo da Beira, o povo espoliado - em pelota.
978-972-990008-2 - Gil Vicente, Carta de Santarém, 1531 - Sobre o Auto da Índia.
978-972-990007-5 - Gil Vicente, o Velho da Horta, de Sibila Cassandra à "Tragédia da Sepultura".
978-972-990006-8 - Gil Vicente, Auto da Visitação. Sobre as origens.
978-972-990005-1 - Gil Vicente e Platão - Arte e Dialéctica, Íon de Platão.
978-989-977494-0 - Gil Vicente, Auto da Alma, Erasmo, o Enquiridion e Júlio II... 
(2ª Edição)
978-972-990004-4 - Auto da Alma de Gil Vicente, Erasmo, o Enquiridion e Júlio II...

- Outras publicações:
978-972-990000-6 - Francês - Português, Dicionário do Tradutor. - Maria José Santos e A. Soares.
978-972-990002-3 - Os Maios de Olhão e o Auto da Lusitânia de Gil Vicente. - Noémio Ramos.



Renascença e Reforma - líderes políticos e ideólogos - ideologia e História da Europa
Mapa do Sítio
© Noémio Ramos
Índice do Sítio
Lyrics in English
Livros Completos
downloads