Auto dos Quatro Tempos

Auto dos Reis Magos

Auto Pastoril Castelhano

Exortação da Guerra

Clérigo da Beira / Escrivães

Liberata / Templo de Apolo

Velho da Horta / Cassandra

Gil Vicente cassandra e velho da horta

Sobre o Auto da Índia

Alma / Papa Júlio II e Erasmo

Gil Vicente Auto da Alma

Visitação / Sobre as Origens

Gil Vicente, sobre as origens

Arte e Dialéctica - Íon Platão

gil vicente e plato
Stop MEE Youtube- VideoStop MEE Youtube- Video
  - Blogs:
irresiliências (blog)
o que eles escondem (blog)
Eugénio Rosa (economista)
Vicenç Navarro (economista)
Fernando Martins (blog)
Gil Vicente O Teatro de Gil Vicente
O Teatro de Gil Vicente
E pera declaração
desta obra santa et cetra...,
quisera dizer quem são
as figuras que virão

por se entender bem a letra.

  ... em  Romagem dos Agravados.
Lendo o Auto da India de Gil Vicente
Ler Erasmo e Gil Vicente

As figuras
nas personagens dos Autos
- os protagonistas -
em Obras


As suas obras dramáticas,
a lista de todos os autos,
em Autos

Datação das obras, dos Autos de Gil Vicente
Gil Vicente, artista da Renascença, reinventor do Teatro
MP3 Player requires JavaScript and the latest Flash player. Get Flash here.

      A Ideia do Projecto foi apresentada ao MC de Portugal em Junho de 2009. Sem qualquer resposta...

      E por isso em breve ainda há de vir a público um projecto semelhante dirigido por algum afilhado do sistema político e "cultural" português..., na linguagem de Gil Vicente um aderente para realizar um arremedo (uma versão simplória) daquilo a que nos propusemos.

      Trata-se apenas de uma simples e franca constatação da realidade de Portugal...

      O início do nosso Projecto e os relatórios públicos do seu andamento... Em:

             

Assim, transcrevem-se algumas palavras desse resumo
Palavras tornadas públicas em Agosto de 2008.

        O que nos faz pensar em distribuir esta tarefa a muitas outras pessoas que se comprovem capazes de lhe dar seguimento, porque, por muito que trabalhemos no sentido de publicar o nosso trabalho, em toda a nossa vida não teremos o tempo suficiente para o fazer, menos ainda se continuarmos a trabalhar com a reduzida equipa de voluntários qualificados, que, com a nossa ajuda e formação se vão inteirando progressivamente das questões que estão envolvidas no estudo das obras de Gil Vicente. Com um grupo maior, dedicado exclusivamente ao projecto, pago devidamente, trabalhando em paralelo permitiria alcançar um objectivo final muito mais rapidamente. E então talvez se pudessem juntar as traduções dos textos explicativos nas diversas línguas europeias, e até um DVD de cada peça, devidamente preparada e encenada, tal como o autor nos informa que devem ser.
        A questão que se nos coloca é encontrar a equipa, para completar a já existente, a que melhor nos poderá ajudar a levar a cabo esta tarefa, e como desencantar os meios necessários, e sobretudo em que país, pois não nos parece que este nosso país de origem, e de origem do autor dos autos, esteja capacitado e preparado, para encarar esta realidade, entregando-nos a direcção deste nosso projecto, nem sequer para nos fornecer os meios indispensáveis para o levar a bom termo. A nossa experiência passada, exercendo a profissão docente em parte também em instituição de ensino superior, já nos ensinou que por esse lado nem todos (só alguns) têm o direito de realizar os seus projectos, como já nos aconteceu antes com um projecto que em finais do anos oitenta do século passado - um projecto que foi pré-aprovado pela Comunidade Europeia - neste país nos foi recusado dar prosseguimento.
        A questão da língua, é também importante, e a língua castelhana, o espanhol, constitui, quase tanto como a portuguesa, parte integrante da obra de Gil Vicente, então talvez a Espanha seja o país mais indicado para encontrarmos os apoios necessários, que com ela poderíamos contar com a Europa. E se não a Espanha, talvez a Itália (ou o Brasil). Alguma entidade idónea, com reconhecida capacidade de nos apoiar de facto neste nosso projecto, com capacidade de investir na produção dos objectos da Arte, Cultura e História Europeia (de 1502 a 1536), o teatro da renascença (cujo tema é sempre a Europa) criado por um autor verdadeiramente europeu, produzindo para a Europa as peças encenadas (com tradução - ou legendagem - nas diferentes línguas europeias), gravadas em suporte digital, e acompanhadas dos respectivos textos explicativos, como os que já realizámos para os primeiros autos, de que publicámos o Auto da Alma. Uma entidade a quem se possa deixar a herança desta nossa leitura de Gil Vicente e que seja capaz de dar continuidade e levar a bom termo este nosso projecto. 

        Ou, não nos restará senão o caixote do lixo ou a lareira, que talvez seja a opção mais provável, porque o papel e as gráficas estão caríssimas, as distribuidoras não nos pagam os livros vendidos senão mais de um ano depois, e a sua grande maioria não se vendem, porque salvo raras excepções, os livros que se vendem neste país, são os livros dos papagaios de serviço, ou os que a comunicação social insistentemente promove por serem escabrosos, ou os que envolvem criminosos, que a toda a hora são promovidos como heróis nos noticiários e em entrevistas, ou, os que dizem respeito de algum modo ao futebol.

Gil Vicente e Platão...[ p.164-165]








Sobre o projecto
Sobre a ideia do Projecto...

        O nosso projecto está resumidamente apresentado nas nossas duas primeiras publicações da colecção sobre a obra de Gil Vicente:
Conheça o Projecto - em PDF -

(c) 2008 - Sítio dedicado ao Teatro de Gil Vicente - actualizado com o progresso nas investigações.
GrammarNet

- Livros publicados no âmbito desta investigação, da autoria de Noémio Ramos:

978-989-977499-5 - Gil Vicente, Auto dos Quatro Tempos, Triunfo do Verão - Sagração dos Reis Católicos.
978-989-977498-8 - Gil Vicente, Auto dos Reis Magos, ...(festa) Cavalgada dos Reis.
978-989-977497-1 - Gil Vicente, Auto Pastoril Castelhano, A autobiografia em 1502.
978-989-977496-4 - Gil Vicente, Exortação da Guerra, da Fama ao Inferno.
978-989-977490-2 - Gil Vicente, Tragédia de Liberata, do Templo de Apolo à Divisa de Coimbra.
978-972-990009-9 - Gil Vicente, O Clérigo da Beira, o povo espoliado - em pelota.
978-972-990008-2 - Gil Vicente, Carta de Santarém, 1531 - Sobre o Auto da Índia.
978-972-990007-5 - Gil Vicente, o Velho da Horta, de Sibila Cassandra à "Tragédia da Sepultura".
978-972-990006-8 - Gil Vicente, Auto da Visitação. Sobre as origens.
978-972-990005-1 - Gil Vicente e Platão - Arte e Dialéctica, Íon de Platão.
978-989-977494-0 - Gil Vicente, Auto da Alma, Erasmo, o Enquiridion e Júlio II... 
(2ª Edição)
978-972-990004-4 - Auto da Alma de Gil Vicente, Erasmo, o Enquiridion e Júlio II...

- Outras publicações:
978-972-990000-6 - Francês - Português, Dicionário do Tradutor. - Maria José Santos e A. Soares.
978-972-990002-3 - Os Maios de Olhão e o Auto da Lusitânia de Gil Vicente. - Noémio Ramos.



Renascença e Reforma - líderes políticos e ideólogos - ideologia e História da Europa
Mapa do Sítio
© Noémio Ramos
Índice do Sítio
Lyrics in English
Livros Completos
downloads