Auto dos Quatro Tempos

Auto dos Reis Magos

Auto Pastoril Castelhano

Exortação da Guerra

Clérigo da Beira / Escrivães

Liberata / Templo de Apolo

Velho da Horta / Cassandra

Gil Vicente cassandra e velho da horta

Sobre o Auto da Índia

Alma / Papa Júlio II e Erasmo

Gil Vicente Auto da Alma

Visitação / Sobre as Origens

Gil Vicente, sobre as origens

Arte e Dialéctica - Íon Platão

gil vicente e plato
Stop MEE Youtube- VideoStop MEE Youtube- Video
  - Blogs:
irresiliências (blog)
o que eles escondem (blog)
Eugénio Rosa (economista)
Vicenç Navarro (economista)
Fernando Martins (blog)
Gil Vicente O Teatro de Gil Vicente
O Teatro de Gil Vicente
E pera declaração
desta obra santa et cetra...,
quisera dizer quem são
as figuras que virão

por se entender bem a letra.

  ... em  Romagem dos Agravados.
Lendo o Auto da India de Gil Vicente
Ler Erasmo e Gil Vicente

As figuras
nas personagens dos Autos
- os protagonistas -
em Obras


As suas obras dramáticas,
a lista de todos os autos,
em Autos

Datação das obras, dos Autos de Gil Vicente
Gil Vicente, artista da Renascença, reinventor do Teatro
MP3 Player requires JavaScript and the latest Flash player. Get Flash here.

  


      Como se pode constatar, pelos próprios dados da Google, as principais palavras chave (keywords) deste sítio são:
Censura Actual
    Correndo ainda o risco de maiores cortes pela Censura do Google, apresentamos dados concretos sobre as visitas a este sítio e número de páginas visitadas, etc.,  apesar da Censura exercida sobre www.gilvicente.eu ...
   
     Entretanto verificámos uma nova estratégia em procedimentos de censura - segundo o Google - dando prioridade aos sítios mais "relevantes" em desfavor (censurando as ideias dos outros) dos sítios que as "eminências pardas" (quem !?) consideram menos "importantes"...  
    Ou será ainda algum "critério obscuro" resultado de "inteligentes" (estultos) algoritmos activados por "deslumbramento" ou "repetição" de algo "pardo" ?



     Gil            (destacado)
     Vicente   (destacado)

... depois, ainda:
   
auto,
    obras,


    
figuras,
   
teatro,
     
      Verificados os dados estatísticos referentes a Maio de 2012, veja o que em 2010 já tinhamos exposto sobre a Censura na Internet.


       Como se pode constatar, os resultados dos estudos sobre as peças de Teatro de Gil Vicente, já publicados neste sítio, compreendem algumas das conclusões científicas expostas nas páginas a seguir apontadas:
    
( onde após uma análise de cada auto (peça de teatro), se apresenta o texto completo da peça)

     ... Além de outros estudos de enquadramento literário e filosófico e sobre o contexto geral (histórico político e social, etc.) da obra de Gil Vicente...
  --  Textos dos quais destacamos:
      Carta preâmbulo de Gil Vicente  (1536). Texto sobre a sua Custódia de Belém. Textos sobre algumas das relações do pensamento de Gil Vicente com as obras de Platão, Aristóteles, Erasmo de Roterdão (e de algumas obras deste)... Além de uma cronologia de factos históricos, um texto de ensaio sobre o que são figuras no teatro de Gil Vicente...,
      etc., etc..
      http://www.gilvicente.eu/obras/preambulo.html
      http://www.gilvicente.eu/obras/custodia.html
      http://www.gilvicente.eu/cultura/platao.html
      http://www.gilvicente.eu/cultura/aristoteles.html
      http://www.gilvicente.eu/ideologias/erasmo.html
      http://www.gilvicente.eu/epoca/cronologia.html
      http://www.gilvicente.eu/sagas/db/figuras/que_sao_figuras.html
      etc.

- Em 2008 publicámos estudos sobre a peça de Teatro:
     
Auto da Alma (nos seus 500 anos), 1508
      http://www.gilvicente.eu/autos/1504-1508/alma.html

- Em 2010 publicámos estudos sobre as seguintes peças de Teatro:
     Visitação,  1502
       Índia,  1509
     Sibila Cassandra,  1511
       Velho da Horta,  1512
      http://www.gilvicente.eu/autos/1502-1503/visitacao.html
      http://www.gilvicente.eu/autos/1509-1512/india.html
      http://www.gilvicente.eu/autos/1509-1512/cassandra.html
      http://www.gilvicente.eu/autos/1509-1512/velho.html

   ...e a prosa de Gil Vicente, o discurso rectórico aos clérigos:
     
Carta de Santarém de 1531
      http://www.gilvicente.eu/obras/santarem.html

- Em 2012 publicámos estudos sobre as seguintes peças de Teatro:
     Templo de Apolo,  1526
     Tragédia de Liberata (Divisa de Coimbra),  1526
     Farsa das Ciganas,  1526
     Clérigo da Beira (Pedreanes), 1526
     Escrivães do Pelourinho, 1527
      http://www.gilvicente.eu/autos/1523-1529/1526/templo_apolo.html
      http://www.gilvicente.eu/autos/1523-1529/1526/liberata.html
      http://www.gilvicente.eu/autos/1523-1529/1526/ciganas.html
      http://www.gilvicente.eu/autos/1523-1529/1526/pedreanes.html
      http://www.gilvicente.eu/autos/1523-1529/1527/escrivaes.html

   ... Além disso, neste sítio publicámos ainda a quase totalidade dos textos da obra teatral de Gil Vicente, e estamos em vias de publicar a totalidade da sua obra dramática, em:
      http://www.gilvicente.eu/autos/texto.html
      http://www.gilvicente.eu/autos/ordem.html    (sua listagem).


     E o nosso trabalho está apenas no princípio...
     Agora..., modéstia de parte!
     Conhecemos o mundo da Internet e, estamos em condições de dasafiar - seja quem for, seja que mais "Altos Estudos" se possam encontrar, seja que Universidade for, seja que Instituto de investigação for, seja que Instituição for - quem quer que seja (ou sejam), que possa apresentar um sítio Internet mais "relevante" ou "importante" (ou seja o que for) sobre a obra teatral de Gil Vicente..., que se possa sobrepor - em conhecimentos sobre o autor e, sobretudo, sobre as suas obras - a este sítio www.gilvicente.eu

      Como qualquer pesquisa demonstra por clara evidência, e está à disposição de qualquer pessoa que entre na rede, que tal não existe na Internet, nem existe algo que se possa minimamente aproximar da quantidade - e muito menos da qualidade - de conhecimentos que apresentamos sobre as obras de Gil Vicente.
      Todavia, pelos resultados, o Google continua a fazer a sua Censura, senão observem-se as estatisticas referentes a Maio de 2012, onde uma "query" sobre Gil Vicente tem 18000 impressões, mas acessos muito reduzidos através da "pesquisa google", porque o lugar "médio" em que  o nosso sítio é apresentado é o 27. Isto quer dizer, antes deste sítio são apresentados ao pesquisador outros 26 sítios sobre Gil Vicente... A apresentação de resultados piora ainda mais se for pesquisado algo sobre as obras de Gil Vicente em geral (lugar 70) e, só melhora quando a pesquisa se refere a algo mais específico, e isso porque não há por aí tantos sítios com informação tão direccionada.

       Esta Censura é de iniciativa do Google!?
       Então a que critérios obedece?
       Se esta Censura é aplicada pelo Google por obediência a alguém...,
       ... A quem se deve esta Censura?
    
Estará a Google em condições que demonstrar e provar que não é este o sítio mais significativo sobre a obra de Gil Vicente? - Não pode estar!!!
      E qualquer cidadão, seja de que país for, o verifica!
      Então porquê!?  Em obediência a quem?

       Esta "gente" do Google (Google Portugal ?), não se encherga!?
       Obedecem a quem? Ou a que critérios obscuros?




  
     
  Apesar desta enorme Censura dos conteúdos da Internet pela Google, o nosso sítio mantém médias diárias bastante significativas, tratando-se de cultura. E mais, tratando-se apenas de um autor de há 500 anos atrás, para mais ainda sendo português e desprezado pelas elites intelectuais portuguesas, que nem sequer o chegaram a entender... (Talvez por isso a Censura!?). 

       Os dados a seguir referem-se a 2011 e 2012. Em Dezembro de 2011 tivemos o 'contador' desligado e, no princípio de Janeiro de 2012 decidimos voltar a ligar, uma vez que iamos publicar novas páginas.
      O mais importante de verificar é o número de páginas (com os seus Hits), em relação com o número de visitas... E depois verificar também que os números de visitas e novos visitantes não é igual, isto é, há visitantes que voltam sempre a revisitar o sítio.

      Há que ter em conta que o Google, pela sua política de Censura, apenas contribui com uma percentagem entre 30% a 40% dos visitantes, embora entre os motores de busca contribua com cerca de 90% (destes 30% a 40%).
Todos os outros visitantes acedem por acesso directo ao sítio ou a uma das suas páginas, possivelmente reenviada a url por algum outro visitante.
       Quer dizer que o sítio tem visitantes assíduos, em especial entre Setembro e Novembro de cada ano (época escolar), e depois entre Março e Junho (outra época escolar).


     

(c) 2008 - Sítio dedicado ao Teatro de Gil Vicente - actualizado com o progresso nas investigações.
GrammarNet

- Livros publicados no âmbito desta investigação, da autoria de Noémio Ramos:

978-989-977499-5 - Gil Vicente, Auto dos Quatro Tempos, Triunfo do Verão - Sagração dos Reis Católicos.
978-989-977498-8 - Gil Vicente, Auto dos Reis Magos, ...(festa) Cavalgada dos Reis.
978-989-977497-1 - Gil Vicente, Auto Pastoril Castelhano, A autobiografia em 1502.
978-989-977496-4 - Gil Vicente, Exortação da Guerra, da Fama ao Inferno.
978-989-977490-2 - Gil Vicente, Tragédia de Liberata, do Templo de Apolo à Divisa de Coimbra.
978-972-990009-9 - Gil Vicente, O Clérigo da Beira, o povo espoliado - em pelota.
978-972-990008-2 - Gil Vicente, Carta de Santarém, 1531 - Sobre o Auto da Índia.
978-972-990007-5 - Gil Vicente, o Velho da Horta, de Sibila Cassandra à "Tragédia da Sepultura".
978-972-990006-8 - Gil Vicente, Auto da Visitação. Sobre as origens.
978-972-990005-1 - Gil Vicente e Platão - Arte e Dialéctica, Íon de Platão.
978-989-977494-0 - Gil Vicente, Auto da Alma, Erasmo, o Enquiridion e Júlio II... 
(2ª Edição)
978-972-990004-4 - Auto da Alma de Gil Vicente, Erasmo, o Enquiridion e Júlio II...

- Outras publicações:
978-972-990000-6 - Francês - Português, Dicionário do Tradutor. - Maria José Santos e A. Soares.
978-972-990002-3 - Os Maios de Olhão e o Auto da Lusitânia de Gil Vicente. - Noémio Ramos.



Renascença e Reforma - líderes políticos e ideólogos - ideologia e História da Europa
Mapa do Sítio
© Noémio Ramos
Índice do Sítio
Lyrics in English
Livros Completos
downloads